Fique Ligado!MundoPapo SérioSociedadeVegetarianismoVidaVídeosVídeos informativosViteos Interessantes

Fique Ligado! – O Que você não sabe sobre o caso da enfermeira que matou um Cachorro Yorkshire a pancadas



Acredito que você ouviu falar no caso da enfermeira que agrediu e assassinou um cachorro Yorkshire, tudo foi filmado. Houve uma denuncia anônima e o vídeo acabou caindo na rede, desde então milhões de pessoas indignadas vêm divulgando o acontecido, porém, o BlogMais vem com informações que muito provavelmente você não viu por ai na internet. Veja o caso de uma forma diferente:


Comentários Sociais

Respostas

Posts anteriores

Notícias - Mulher acorda no próprio Funeral e morre de susto

Próximo post

Papo Sério - Entre na campanha para derrubar o novo código florestal que quer destruir nossas florestas

Sir. Aulus

Sir. Aulus

Vegano, estudante de Ciência e Tecnologia da Universidades Federal da Bahia. Apaixonado por tecnologia, filosofia, música, teatro, defensor dos direitos animais, humanos e não-humanos. Aprendiz de Jiu-jitsu e amante de bons filmes e livros.

Comentários

26 Comentários

  1. 17 de dezembro de 2011 em 21:20 — Responder

    Infelizmente é a realidade. Essa atitude das pessoas é estranha, porque isso é caracterizado como maltrato apenas com os cachorros (principalmente), e gatos? Vacas também sofrem, elas também merecem respeito, e têm direito a vida.

  2. Smrzan12x
    17 de dezembro de 2011 em 22:06 — Responder

    Que cadela !
    Exite punição para quem pratica essaaa ……?
    Deveria ter Pena de Morte sl.

    Se um cachorro mata uma pessoaa , ele é morto
    Mais se uma pessoa mata um cachorro nada acontecee.

    Otimo video;!

  3. 17 de dezembro de 2011 em 23:01 — Responder

    Somos todos animais, Somos todos Terráqueos e todos os terráqueos devem ser tratados com respeito..

  4. Jade Viriato
    18 de dezembro de 2011 em 04:30 — Responder

    Mas vale lembrar que matar animais nos abatedouros está dentro da lei. Infelizmente.

  5. 18 de dezembro de 2011 em 09:44 — Responder

    Porque “infelizmente”? Leis idiotas existem para serem mudadas. Jade Viriato. Se é para ter amor por animais, tem que ser por todos. Matar vacas, porcos, galinhas e peixes só é permitido pela lei porque a carne deles, a que milhões de pessoas comem diariamente, gera lucros absurdos. É um jogo capitalista que se aproveita da cultura sanguinária que é se alimentar de carne. Provavelmente quem criou essa lei é dono de gado para abate e não quer ser preso por matar animais indefesos, e quem aprovou a lei também. Se ninguem comesse carne, se todos amassem os animais, a lei seria igual tanto para o cachorro quanto para a vaca, porco etc.

  6. Ademilson Silva
    18 de dezembro de 2011 em 11:46 — Responder

    Infelizmente é triste…
    QUeria agradeçer a quem teve a coragem de filmar… parabéns mesmo!

  7. Irene
    18 de dezembro de 2011 em 11:51 — Responder

    Pessoal, vale lembrar que a lei prevê como crime não dar tratamento digno aos animais que seram abatidos para servir de alimento, além de também tipificar como crime não dar morte rápida e indolor a um animal quando seja necessário matá-lo. Eu sou vegetariana, mas mesmo para quem prefere comer carne, se ao menos exigisse uma morte “menos cruel” para os animais…
    hoje em dia, a morte dos animais é cruel e dolorosa porque é mais barato assim, e como ningué exige, não há mudanca…

  8. Rejane Maria Lehugeur
    18 de dezembro de 2011 em 22:18 — Responder

    A “raça humana” é primitiva, pedradora…e por si só…seus atos visando somente a si próprio em detrimento dos outros seres…dá a cabal de sua INFERIORIDADE!!!!!!

  9. Élida Seixas
    18 de dezembro de 2011 em 22:26 — Responder

    É infelizmente as pessoas acham que so os animais de raça’ ou os mais ”bunitinhos” pelo povo…. são os unicos que tem direito á vida ….
    o pior é saber que por mais que as pessoas sabem elas não mudam….

  10. 19 de dezembro de 2011 em 17:54 — Responder

    Infelizmente a maioria das pessoas não entendem a mensagem que vocês queriam passar!

  11. Patricia
    20 de dezembro de 2011 em 18:28 — Responder

    Vocês tem que entender que animais de abatedouro são sacrificados de forma com que eles não sintam NENHUMA dor. Hoje se tem legislações que devem ser seguidas,para frigoríficos que tem fiscalização, onde o Bem estar do animal e imprescindível.
    Tudo que é feito no abatedouro é de pleno respeito com o animal,para ele não ter nenhum tipo de sofrimento.
    Entao consuma alimentos com selo de orgaos do governo que sao fiscalizadore,como SIF,IMA.
    Entao antes de vcs fazerem vídeos sensacionalista procurem saber as informações corretas.

    • 21 de dezembro de 2011 em 02:30 — Responder

      Infelizmente, Vejo que a Patricia está um pouco enganada.. Diga-me qual o animal que sente-se feliz em viver a vida toda em um galpão com centenas da sua espécie, sem espaço para viver, quais deles sentem-se felizes em serem castrados sem anestesia? E mesmo em abatedouros certificados, que só existem para que o consumidor se acomode a acreditar que está tudo bem. Diga-me se levar choques é bom? Dizem que isso é pra retardar o cérebro do animal para ele não sentir dor. e logo após ter a garganta cortada. Quantos não agonizam até o sangue se esvair totalmente.

      Vejo que está fazendo seu dever de casa dizendo sim para o que os grandes capitalistas produtores de carne colocam em sua mente..

  12. maria madalena
    20 de dezembro de 2011 em 23:47 — Responder

    ,SEM IRA !!! TEM GENTE MALTRATANDO CAVALOS; TOUROS;PÁSSAROS PRESOS; ENFIM: CRIANÇAS E TODOS OS SERES SÃO VIOLENTAMENTE MALTRATADOS!!! NINGUÉM FAZ NADA!!! ESSE VÍDEO QUE FOI PARAR NA INTERNET: QUEM O FEZ TB AJUDOU O CACHORRINHO MORRER;POIS FOI CÚMPLICE; VIU TUDO E NÃO FEZ NADA!!! ISSO! A HUMANIDADE TODA É CÚMPLICE E CULPADOS DE TUDO QUE ACONTECE COM INOCENTES . INVÉZ DE AJUDAREM A CUIDAR QUEREM JOGAR PEDRA! QUEREM FILMAR! QUEREM VER O INFERNO! SÓ QUE QUEM JULGA É DEUS ! VOLTEM E CUIDEM DE SUAS VIDAS ! TODOS ERRAMOS …ENTÃO: O ARREPENDIMENTO AJUDA. MAS O CERTO É SER CERTO ! CUIDEM DO PRÓPRIO NARIZ !!!

  13. yasmim
    23 de dezembro de 2011 em 17:34 — Responder

    hoje em dia asiste leis para que esses animais tenham lugar adequado para viver e que eles sejam sacrificados de modo que não sofram… para fazer com que essas brutalidades deixem de acontecer com tanta frequência comam alimentos que tenham selos do SIF, IMA entre outros, porem existe o suborno, oque acontece com muita frequência em nosso pais, então esses selos não são 100% confiáveis.

  14. Eu
    24 de dezembro de 2011 em 00:16 — Responder

    Bem, eu acho que vegetarianos como vocês não deveriam estar vivendo nesta sociedade, vocês estão no lugar errado.
    O que acontece quando vocês chamam os outros de “hipócritas” e nada mais que “O sujo falando do mal lavado”.
    Por que ? Vamos tentar responder…
    Se vocês são vegetarianos tão radicais, não deveriam sustentar a sociedade e o “sistema” em que vivemos.
    Exemplo claro: a tecnologia envolvida para a postagem deste video, custou o “lar” e a vida de vários animais silvestres, pois des de a fabrica das cameras e dos computadores usados ate os servidores do youtube, exige demanda de materiais, energia e espaço físico, que envolve desmatamento e poluição, logo, animais silvestres sem lar e com má qualidade de vida, e que não sobrevivem facilmente. Pensem nisso antes de defender uma causa, principalmente achando que só comendo “folhas” vai mudar o mundo.
    E mais uma coisa, apelar para religião ? TRISTE.

    Obs.: Sou contra o maltrato de animais, mas existe sim a necessidade de alimentação que envolve a carne (somos onivoros, só pra lembrar). Que nossos ancestrais que os digam, está no sangue do homo sapiens, é a lei natural da vida, ou vocês agora vão querer salvar os guinus e gazelas dos leões africanos ?

    ESPERO QUE VOCÊS SEJAM CAPAZES DE POSTAR MEU COMENTARIO…

  15. 24 de dezembro de 2011 em 22:23 — Responder

    Em Gênesis c.1 v.29, o CRIADOR disse ao Primogênito Adão: “Eis que vos dei todas as ervas, que dão semente sobre a terra, e todas as árvores que encerram em si mesmas a semente do seu gênero, para que vos sirvam de alimento”. E também em Isaías c.66 v.3, está escrito: “Aquele que mata um boi, é como o que mata um homem”. Logo, o que come a carne do boi é como o que come a carne do homem. Nesses dois versículos bíblicos está bem claro que ingerir cadáveres dos irmãos menores desagrada ao ALTÍSSIMO. De acordo com o texto bíblico, por ocasião do dilúvio o CRIADOR temporariamente autorizara Noé a se alimentar das carnes dos animais presentes na arca devido à óbvia escassez de alimento natural (Gênesis c.9 v.3). Todavia os seres humanos, inclinando-se aos instintos bestiais que ainda lhe eram inerentes, acostumaram-se a esse hábito e o perpetuaram, transformando-o num vício que perdura até os dias atuais

  16. 24 de dezembro de 2011 em 23:07 — Responder

    Resposta para: “EU”

    Concordo com você, quando diz que o uso de equipamentos tecnológicos afeta o meio ambiente, e que isso distroi a “natureza”. Mas você sabe que a ONU divulgou a lista de ações humanas que mais contribuem para o aquecimento global e para destruição do meio ambiente veja:

    “De acordo relatório divulgado ontem pela FAO, Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação, situado em Roma, o setor pecuarista é atualmente um dos principais responsáveis pela amplificação do Efeito Estufa.
    Segundo o relatório, o setor é o que produz mais gases componentes do efeito, e se comparados a seu equivalente em CO2 (dióxido de carbono), são mais elevados que os produzidos no setor de transportes.”

    E Mais no Relatório:
    O relatório afirma que a atividade pecuária não ameaça somente o meio ambiente, mas é uma das causas principais da degradação do solo e esgotamento dos recursos hídricos.

    Segundo o relatório, o esterco do gado é responsável por grande parte das emissões dos gases que geram o Efeito Estufa. Entre alguns números divulgados na pesquisa, a FAO sustenta que pelo menos 9% das emissões de CO2 produzidas por atividades humanas são procedentes do setor da pecuária e que este produz uma proporção muito mais elevada dos gases mais prejudiciais que compõe o efeito.

    Para mudarmos as fontes de energia para umas sustentáveis custará milhões, para criarmos tecnologias mais verdes custarão milhões (e defendo que façam isso). Mas para acabar com a pecuária que é a principal destruidora do planeta só precisamos mudar nossos hábitos alimentares..

    Fica a dica!

  17. 28 de dezembro de 2011 em 03:45 — Responder

    E63 HACKED

  18. Eu
    3 de janeiro de 2012 em 17:47 — Responder

    Olha eu aqui de novo.

    Pois é, hora nenhuma eu defendi que comer carne de animais não poluia. Concordo que polui, mas com outras medidas, como por exemplo usar combustíveis limpos, não haveria necessidade da extinção da agropecuaria.

    Você só falou o discurso de sempre de qualquer pessoa que se diz correto. Hora nenhuma você apresentou um argumento para defender a sua tese. Se você quer mudar o mundo meu amigo, não é com um blog e passagens biblicas que isto vai acontecer.

    A, e mais uma coisa. Você acha que milhoes não seriam “jogados fora” com o fim da pecuaria ? A questão “comer carne” envolve muito mais coisas do que você imagina. O Brasil hoje seria um país MUITO pobre caso mercados grandes, como o da pecuaria ( o Brasil é o MAIOR exportador de carne do mundo) não ajudasse a economia.

    Com tudo volto a dizer, comer carne é uma necessidade humana. Ficar defendendo algo que nem mesmo se tem conhecimento é o cumulo da ignorância e da hipocrisia.

    Eu como carne ? Sim ! Fico fazendo apologia quanto ao consumo de carne ? NÃO !
    Conheço pessoas vegetarianas, mas não como vocês. As pessoas que conheço sabem o que querem e não ficam “pregando” esta “religião” vegetariana não, pois sabem que não estão corretos para questionar e exigir coisas dos outros, para defender algo tão grande e complicado assim. Elas só fazem a parte delas e pronto (isto dentro do que a propria pessoa acha correto).

    Obs.: Existem mais tecnologias verdes do que você imagina, o que não deixa elas “à vista” são as grandes empresas de petróleo e de alcool. Não vem com essa de ter que gastar ZILHÕÕÕES para tecnologias sustentaveis não.

    “Fica a dica!”

    ESPERO QUE VOCÊS SEJAM CAPAZES DE POSTAR MEU COMENTARIO…NOVAMENTE…

  19. 4 de janeiro de 2012 em 21:48 — Responder

    Resposta para “EU” 2 – Espero que seja capaz de ler toda..

    Obrigado por ter lido minha resposta, porem terei que rebatê-la:

    1ª Você disse que eu não apresentei argumentos para defender minha tese. Apresentei ao citar o relatório da ONU que diz que a pecuária polui mais que todo o setor de transportes, e mais é responsável por mais de 70% da emissão de gases estufa do Brasil(O último eu não disse anteriormente).

    2ª Você fala que o Brasil é o maior exportador de carne do mundo, é sim.. é por isso que nossa Amazônia tá sendo destruida e isso não é bom.. e mais a pecuária nunca seria extinta de uma vez, dando tempo ao mercado se adaptar. A maior parte da carne produzida dá lucro a Grandes fazendeiros e empresários, acredito que a agricultura familiar ajudaria muito mais o meio ambiente e as familias pobres.

    3ªPara provar que não precisamos da carne para a Saúde humana, selecionei uma resposta do CHRISTOPHER SCOTT CORNIOLA, líder da equipe de epidemiologia, da Area de serviço de planejamento de Los Angeles, DEPARTAMENTO DE SERVIÇOS DE SAÚDE a um médico aqui no Brasil, que questionou o vegetarianismo (Ele escreveu em CapsLock)

    “OS FATOS SAO: NOSSO CORPO NECESSITA 50 GRAMAS DE PROTEINA POR DIA. MESMO QUE VOCE TENTE NAO DIGERIR TAL NUMERO DE PROTEINAS DIARIAMENTE, O SIMPLES FATO DE UM BRASILEIRO COMER FEIJAO COM ARROZ PRATICAMENTE JA FORNECE QUASE TODAS AS 50 GRAMAS DE PROTEINAS DIARIAS NECESSARIAS. MAIS DETALHADAMENTE:
    -UM COPO DE ARROZ INTEGRAL (ANTES DE COZIDO) TEM 12 GRAMAS DE PROTEINA
    -480 GRAMAS DE FEIJAO TEEM 38 GRAMAS DE PROTEINA.
    COMPLETANDO ASSIM UM TOTAL DE 50 GRAMAS. OU SEJA, MESMO QUE VOCE SE RESTRINJA AO BASICO ARROZ E FEIJAO, VOCE ESTARA COMPLETAMENTE NUTRIDO NO QUE DIZ RESPEITO A PROTEINAS.
    COM VITAMINA C SUFICIENTE, O CORPO DO SER HUMANO PODE MUITO BEM ABSORVER FERRO SUFICIENTE DE UMA DIETA A BASE DE LEGUMES. COMO RESPONSAVEL PELO SETOR DE EPIDEMIOLOGIA E SAUDE PUBLICA DA GRANDE LOS ANGELES, CALIFORNIA- EUA (DEPARTMENT OF HEALTH SERVICES, PUBLIC HEALTH, METROPOLITAN SERVICE PLANNING AREA) TENHO ACESSO A LITERATURA E ATE MESMO A RESULTADOS CIENTIFICOS QUE PROVAM, A CADA DIA MAIS OS BENEFICIOS TRAZIDO POR UMA DIETA VEGETARIANA. ”
    CHRISTOPHER SCOTT CORNIOLA, MPH, MA

    EPIDEMIOLOGY TEAM LEADER, METROPOLITAN SERVICE PLANNING AREA, LOS ANGELES COUNTY DEPARTMENT OF HEALTH SERVICES.

    Veja a resposta completa:
    http://br4.us/ST79Z

    4ªTendo em vista que não precisamos da carne para sermos saudáveis, e eu sou a prova viva disso, não seria bem mais fácil, simplesmente ajustar nossa alimentação e liberar o planeta de 18% de todas as emissões de gases estufas, e liberar as pastagens já existentes para plantio de grãos para que assim haja comida para todos? ou você não sabia que para produzir 1Kg de carne são nessessários 7Kg de grãos que alimentarão os animais, e que para produzir 1 Kg de Milho, por exemplo, são necessários 900L de água, e para produzir o mesmo de carne são necessários 15.000 Litros de Água Potável? É certo que devemos lutar por tecnologias verdes, e o BlogMais é um dos pioneiros em divulgações de novidades na área, mas para que só esperar se podemos fazer uma revolução ambiental e social com o garfo?

    Você precisa se informar mais! procure alguns documentários como:
    MEAT the TRUTH – Uma verdade mais que inconveniente: http://br4.us/g3vWg
    Terráqueos:
    http://terraqueos.org/
    Farm to Fridge:
    http://pecuaria.info/
    Forks Over Knives:
    http://vista-se.com.br/saude/
    A Carne é Fraca:
    http://www.youtube.com/watch?v=IKIBmppiIvM

    FONTEs: http://br4.us/PzrKQ

  20. Júlia
    12 de janeiro de 2012 em 23:40 — Responder

    Parabéns a todos envolvidos neste blog.
    Eu acho que é com iniciativas assim que vamos mudando a alienação das pessoas, a desinformação, e o apego a algo cultural e tradicional.
    Acho que, apesar de muitos vegetarianos seguirem este caminho por algo pessoal, não tem como se envolver com o todo…
    É nosso dever tentar, de forma respeitosa e educada, ao menos informar as pessoas sobre o que elas estão fazendo, e não tentar ‘pregar’ o vegetarianismo. Eu acho que muitas pessoas continuam a comer carne apenas por falta de conhecimento, pois a mídia é capitalista e suja…
    E acho que é exatamente o que estão fazendo aqui!
    Parabéns novamente!

    Júlia.

  21. leandro
    14 de janeiro de 2012 em 17:30 — Responder

    ATENÇÃO

    outra pessoa muito má também!!!
    divulguem
    Dalva Lima da Silva
    era falça protetora de animais.
    matou 39 animais achados na rua!!!!!!!!!!

  22. Tácito
    16 de fevereiro de 2012 em 09:28 — Responder

    Adorei a mensagem que vcs passaram, vcs são pessoas maravilhosas, eu também amo os animais, todos os animais, não como carne e vivo muito bem. Temos que acabar com esta matança, não somos carnivoros não necessitamos derramar sangue para sobreviver, este é o principal motivo da desgraça mundial.
    Jesus disse:
    Comei, pois, sempre da mesa de Deus: os frutos das árvores, o grão das ervas do campo, o leite dos animais e o mel das abelhas. Pois tudo mais além disso é de Satã e pelos caminhos do pecado e da enfermidade conduz até a morte.
    Deus nos deu o llvre arbitrio a palavra matar não deve existir, Deus nos deixou aqui para ver nosso comportamento, nos deu opões, todas elas, temos a opção de matar o próximo nem porisso devemos fazer. Deus chora quando nos ve matando um animal ou mesmo nem se importando e vivendo comendo carne, nosso mundo está a beira do fim principalmente por causa desta ganancia que o ser humano tem. Prestem atenção o que vou lhes dizer, o fruto proibido do paraíso não era uma maçã, era a carne, foi derramado sangue no paraíso, adão e eva mataram para se alimentar, isso sem necessidade, não faltava alimento, o mesmo está acontecendo consto não necessitamos de carne para sobreviver.
    Por favor não parem de divulgar, necessitamos de parar com esta matança discriminada, e voce que diz que ama os animais, pare de se enganar, vc só ama este cachorro comprado que vc enche a boca para dizer que pagou 500 reais, e teve que gastar para sentir algum amor, jamais adotou um, não se importa com os que estão sofrendo na rua, e ainda se farta de comer carne, pare de se enganar vc está apenas fazendo propaganda do que vc nao é.

  23. Tácito
    16 de fevereiro de 2012 em 09:34 — Responder

    ah só mais uma coisa, vcs que falam q os animais são mortos com dignidade, para começar ser morto com dignidade não existe, podemos dizer que pelo menos ser morto sem sofrimento, mas, me desculpem não sei se posso indicar um site aqui, mas acho ele maravilhoso. http://www.veganos.org.br/pelos_animais.htm me diga onde está a dignidade disto.

  24. Amanda
    8 de maio de 2012 em 10:13 — Responder

    Sou totalmente contra essa brutalidade!
    Pra mim ela teria é que ter uma pena, nao apenas uma multinha de R$3 mil reais!
    Mas, Deus esta vendo, tudo que nos fazemos, e se aqui ela nao pagar por isso, um dia ela pagara! Nao estou jogando praga, longe de mim, mas é a lei da vida! Aqui se faz aqui se paga!
    Para um bom entendedor meia palavra basta!
    Quem faz esse tipo de coisa, nao tem coração! Se arrependeu…a ta…da licença mulherzinha inútil!
    Agora pensam , ela é enfermeira, alguem gostaria que ela cuidasse de voce, a noite, enquanto esta deitado em uma maca!
    Pense nisso!
    Ela matou um cachorro indefeso!
    Ai, nao entra na minha cabeça uma coisa dessa!
    É um absurdo!!!
    Gostaria de falr muitas coisas, mas… acredito na lei da vida, aqui se faz aqui se paga, de uma forma, ela pagara por isso, nao tenho duvidas!

  25. Cibeli
    2 de fevereiro de 2013 em 22:40 — Responder

    Vamos supor que fosse verdade que os animais vivessem dignamente e fossem abatidos sem sentir dor (o que NÃO é verdade, mesmo que muita gente insista em dizer que seja, visto que é mais cômodo), mas enfim, vamos supor que fosse assim que ocorresse o abate. Então quer dizer que se um assassino mata alguém com um tiro certeiro na cabeça, essa pessoa tem morte instantânea, sem sentir dor alguma, seu assassino não deveria ser então condenado? O assassinato ser qualificado como algo brutal, cruel e criminoso tem relação apenas com fato de existir ou não dor na execução? E o direito a vida?

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *