Coisas InteressantesCuriosidades

Curiosidades – Pessoas que não conseguem acordar cedo

Você gosta de manhãs calmas e de noites agitadas? Acha que a vida é curta demais para perder tempo em congestionamentos? É mais produtivo depois das 10 da manhã? Se você respondeu sim a essas questões, muito provavelmente você é uma “pessoa B”. E o que isso quer dizer?

Cada um tem um relógio biológico diferente e, enquanto que alguns gostam de acordar cedo e conseguem trabalhar direito às 7:30 da manhã, outros se sentem melhores e mais produtivos à noite. No entanto, a sociedade é injusta e o mercado só fica aberto até as 22h, os chefes não oferecem turnos diferenciados e a escola começa às 7:15 da manhã.

Tentando consertar essa injustiça, foi criada a chamada “Sociedade B”, um mundo em que é possível trabalhar, estudar, ir ao cinema e pagar contas em um horário alternativo. Se o organismo de algumas pessoas é feito para a noite, por que obrigá-las a acordar cedo e estar na cama antes das 23h, tornando suas vidas um verdadeiro inferno?

A vida começa depois das 10h

Na Suécia, a primeira instituição a reconhecer a legitimidade da “Sociedade B” foi uma escola de segundo grau, que passou a oferecer a opção de turnos entre as 20h e as 8h. Afinal, um aluno que chega atrasado todos os dias nem sempre é preguiçoso, ele pode ser apenas uma “pessoa B”.

O manifesto da “Sociedade B” garante que trocas de horário na escola ou no trabalho podem aumentar a produtividade da pessoa e deixá-la mais feliz. Se você é imprestável no escritório até as 10 da manhã, por que seu chefe não permite que você faça um horário diferenciado, começando às 10:30 ou 11 horas?

Adotar horários diferenciados também acabaria com o que hoje conhecemos como “hora de pico”. Haveria menos congestionamento, menos filas e mais alegria.

congestionamento

A “Sociedade B” começou na Dinamarca, onde escolas e escritórios já estão se acostumando com as pessoas que acordam um pouco mais tarde, mas que rendem até tarde da noite. A ideia é que iniciativas assim surjam na Finlândia, na Noruega e até mesmo na Inglaterra ainda este ano.

Não precisar acordar cedo e poder viver até a madrugada não é uma má ideia! Gostou do movimento?

(Fonte: zoinc.com.br)

Veja: Como conseguir acordar mais cedo!

desfile
Posts anteriores

Vídeos Interessantes - Desfile inspirado na corrupção

Capitão América
Próximo post

Tirinhas - Capitão América

Sir. Aulus

Sir. Aulus

Vegano, estudante de Ciência e Tecnologia da Universidades Federal da Bahia. Apaixonado por tecnologia, filosofia, música, teatro, defensor dos direitos animais, humanos e não-humanos. Aprendiz de Jiu-jitsu e amante de bons filmes e livros.

Comentários

123 Comentários

  1. Cristiane Aguiar
    25 de setembro de 2013 em 07:18 — Responder

    Achei incrível essa matéria.
    Odeio acordar cedo, sempre foi assim.
    A maioria dos empregos que tive eram noturnos.

    Boa a Sociedade B

  2. André Marques
    25 de setembro de 2013 em 13:14 — Responder

    Eu sou técnico em mineração e em 2005 rodava turnos. 3 dias das 7:00 às 15:00, 2 dias das 15:00 às 23:00 e 2 dias das 23:00 às 7:00. Eu não conseguia render NADA no turno que começava às 7 da manhã. Nos demais trabalhava com disposição extra.

  3. Maria do Sameiro da Cunha Cerqueira Scheidecker Domingues
    7 de outubro de 2013 em 19:17 — Responder

    Como eu entendo as pessoas “B”, sempre me custou levantar cedo, chegava ao banco muito mal humorada, detestava que falassem comigo, só talvez a partir das 10,30h é que começava a sentir-me melhor. Deitar também é sempre a parte pior do dia, estou sempre a adiar.

  4. Daniel Baptista
    12 de outubro de 2013 em 06:52 — Responder

    Só deixar o reparo que para isto acontecer em paises como Portugal, o nível de energia não poluente produzida teria que ser ainda maior.

    • Maria do Sameiro da Cunha Cerqueira Scheidecker Domingues
      13 de outubro de 2013 em 17:15 — Responder

      Vamos então despoluir, sim Daniel?

  5. Pedro Teles
    15 de outubro de 2013 em 08:12 — Responder

    Também já fui muito assim. Depois de um jet lag voltando da Europa, que forçou o meu corpo a re-acostumar com o horário, consegui passar a acordar cedo normalmente. Não sei se funcionaria para todo mundo, mas para mim resolveu. Impressionante como lutei por tanto tempo contra algo que eu consegui resolver em poucos dias. Abraços a todos.

  6. Leandro
    6 de novembro de 2013 em 07:04 — Responder

    Eu já sabia q pertencia a essa sociedade, só n sabia o nome dela ainda! Rs
    Interessante a ideia, tomara q seja adotada no Brasil! Os acho pouco provável…

  7. Joel Negretto
    6 de novembro de 2013 em 10:55 — Responder

    É terrivél mesmo sou músico trabalho na grande maioria das vezes até 4 ,5hs hrs da manha ,e independente de horario eu tenho que acordar as 5:30 da manhã todo santo dia para levar minha filha ao trabalho ,porem assim que eu retorno para casa se não dormir pelo menos ate meio dia ai acabou o dia pra mim ,,só vou despertar mesmo fisicamente lá pra depois das 6 da tarde rsrsrsrsrrs ,,,Sou Feliz agora encontrei meu grupo na sociedade kkkkkk UM VIVA AO LADO B DA COISA kkkkkkkkkk

  8. 6 de novembro de 2013 em 17:26 — Responder

    Viver exclusivamente pra trabalhar e dormir… morre cedinho.

  9. Bruno
    6 de novembro de 2013 em 18:24 — Responder

    Acordo ao meio dia já tem uns 3 anos =D trabalho das 14h as 21h uma maravilha, pego pouco transito pra ir ao trabalho, zero transito pra voltar do trabalho e fico acordado até tarde.. e maravilha.

  10. armando bernardino filho
    6 de novembro de 2013 em 19:19 — Responder

    Isso não passa de mais uma desculpa para os preguiçosos

  11. Adriano...
    6 de novembro de 2013 em 20:27 — Responder

    Meu Sonho.. mas nunca consigo um emprego assim, é sempre na maldita manhã chegando as 7, não consigo render nem 30% do que eu renderia chegando as 10……. viva a sociedade B…..

  12. Daniela
    6 de novembro de 2013 em 22:55 — Responder

    Vivaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa a sociedade BBBBB,sou deste grupo…

  13. 6 de novembro de 2013 em 23:33 — Responder

    meu sonho, seria bem mais feliz e produtiva se não precisasse acordar cedo

  14. Lilly Rodrigues
    7 de novembro de 2013 em 00:48 — Responder

    Se o Brasil, tivesse menos ladrão e mais estrutura, resolveria o caos do trânsito.
    Nunca consigo acordae cedo, pra estudar então zero. Sou desse grupo! kkk

  15. joão
    7 de novembro de 2013 em 02:44 — Responder

    a sete anos trabalho a noite não consigo acordar cedo e durmo sempre depois as 3

  16. Felipe
    7 de novembro de 2013 em 07:50 — Responder

    Sem querer ser chato, mas é tudo questão de costume.
    O erro já começa no “não”, que ao meu ver, nada é impossível.

  17. Matheus Gaspar
    7 de novembro de 2013 em 07:55 — Responder

    Viver exclusivamente para trabalhar e dormir não é que morre cedinho, na verdade já está morto e não sabe.

  18. DeixeMeVer
    7 de novembro de 2013 em 08:05 — Responder

    Nesse país de peoes, em que dizem que “deus ajuda que cedo madruga”, isso de sociedade B é piada.

  19. Dani Easton
    7 de novembro de 2013 em 09:37 — Responder

    Uma pena quem não entende esse lado B …eu vivia me atrasando na escola..no trabalho não rendia nada …Hoje eu trabalho noite/madrugada e sou muito feliz, trabalho muito disposta. Algumas pessoas são assim e não há anos que passem e corpo que se acostume…é assim e já era….

  20. 7 de novembro de 2013 em 10:01 — Responder

    Concordo com o Felipe, e uma verdade, como muita coisa e questão de costume. Muitas vezes ate nos acostumamos. No entanto, ate um certo ponto, pois e verdade tambem que o rendimento e a produtividade de algumas pessoas sejam de fato melhores nos horários ‘inconvencionais’, algo para ser considerado. E nao sao poucas pessoas com esse perfil. *Nao incluindo os arroz-de-festa!* Estou falando de trabalhadores e estudantes.

  21. 7 de novembro de 2013 em 10:45 — Responder

    Sou uma ‘pessoa B’.

  22. 7 de novembro de 2013 em 10:57 — Responder

    Sempre pensei assim, eu só funciono depois do meio-dia

  23. Sônia Cristina
    7 de novembro de 2013 em 11:44 — Responder

    Achei que sempre fui a preguiçosa, mas agora me achei na sociedade B. Já trabalhei no horário convencional, e não é uma questão de costume, pois só consigo funcionar depois da 10:00 hrs, mesmo tendo trabalhado e estudado em horários convencionais não me acostumei. O organismo tem um outro tempo do relógio biológico. E viva a sociedade B.

  24. Bruno T
    7 de novembro de 2013 em 11:56 — Responder

    Sociedade B = Sociedade de vagabundos

  25. 7 de novembro de 2013 em 11:57 — Responder

    Matérias como essa, sobre como funcionam as coisas la fora, me faz pensar

    ” Como o Brasil é atrasado ”

  26. MArcos Garcia Neto
    7 de novembro de 2013 em 12:19 — Responder

    HAHAHAHAHAHAHA ah tá né, até parece. Cambada de vagabundo. Bem coisa de esquerdista mesmo. “Ui, tenham pena de mim, sou excluído, e quem é contra é Bfobia”.

  27. lauro scheibe
    7 de novembro de 2013 em 12:21 — Responder

    Eu ODEIO acordar cedo, parece que estou com uma ressaca.

    Viva sociedade B.

  28. Carlos Afonso
    7 de novembro de 2013 em 12:29 — Responder

    Pelamor, todo mundo vai alegar que é B agora. Quem (se puder escolher) vai querer acordar cedo? Hahaha, nada a ver.

  29. kamila
    7 de novembro de 2013 em 12:29 — Responder

    eu sou uma pessoa B com certeza!!!!

  30. Welliton
    7 de novembro de 2013 em 12:48 — Responder

    Até que isso funcione aqui, no brasil, eu já estarei esturricado de tanto acordar cedinho!

  31. joao ventania
    7 de novembro de 2013 em 13:10 — Responder

    nao sei se sou parte da sociedade B. o meu problema é que lá em casa, de meia-noite até 3 am são apenas um piscar de olhos!

  32. Favaro
    7 de novembro de 2013 em 13:15 — Responder

    Legal, vai virar desculpa para vagabundo isso agora. !

  33. Cibele
    7 de novembro de 2013 em 13:35 — Responder

    Não leia os comentários, não leia os comentários, não leia os comentários…

  34. Fernanda
    7 de novembro de 2013 em 13:40 — Responder

    Super curti!

  35. leandro
    7 de novembro de 2013 em 14:40 — Responder

    Odeio trabalhar e acordar cedo então ferrou kkkkkkkkkkkkkk!

  36. cassia antunes
    7 de novembro de 2013 em 15:11 — Responder

    Eu encaixo certinho…dispensei um emprego esta semana por ter que cumprir horário..não me vejo produtiva tendo que ir a reuniões improdutivas….

  37. Luciano
    7 de novembro de 2013 em 15:29 — Responder

    Entro no trabalho às 10h00, mas só começo a render às 13h00. Problema esses horários obrigatórios.

  38. 7 de novembro de 2013 em 15:48 — Responder

    Dinamarca não é Brasil. Lá se pode sair às 23h com segurança do trabalho.
    Vai sair do escritório em São Paulo nessa hora e depois conte-me.

  39. Danielle
    7 de novembro de 2013 em 16:04 — Responder

    É engraçado ver pessoas dizendo que sociedade B é coisa de vagabundo. HORÁRIO ALTERNATIVO PARA TRABALHAR é vagabundagem? Vagabundagem é NÃO trabalhar, ora!
    A questão é que sempre tem que ter um pra encher o saco mesmo…. normal…
    VIVA A SOCIEDADE B ! ! ! ! !

  40. Simone
    7 de novembro de 2013 em 16:16 — Responder

    E pra quem a vida só começa depois do meio dia, é Pessoa o quê?

  41. 7 de novembro de 2013 em 16:23 — Responder

    Ahhhh que bom ler isso!!! me achava um ET….adoro a noite…e levantar cedo para mim é um martírio…. 😀

  42. Cristiano
    7 de novembro de 2013 em 16:30 — Responder

    Sei que na madrugada tudo é tão calmo.. Melhor de pensar. :)

  43. Alexandre
    7 de novembro de 2013 em 16:38 — Responder

    Realmente muito interessante, e respeitar esse tipo questão é necessário. Pois como foi dito, é uma questão biológica.

  44. Daniel
    7 de novembro de 2013 em 16:43 — Responder

    E pra variar, os comentários mais edificantes são os dos brasileiros. Povo cultíssimo (só que não).

  45. Daniela
    7 de novembro de 2013 em 16:44 — Responder

    Não consigo parar de ler está matéria e me imaginar levando uma vida noturna!!!

  46. Mira
    7 de novembro de 2013 em 16:59 — Responder

    Não consigo entender quem diz que a matéria é Ótima, Excelente, etc. São 30 linhas!!! Pouquissimas informações, as que existem sao generalizantes.
    Pra quem nao gosta de ler e gosta de acordar tarde pode ser boa, sei la

  47. Carmem Lopes
    7 de novembro de 2013 em 17:03 — Responder

    É PERFEITO… amo a noite. Agora eu sei pq detesto acordar cedo… sou uma pessoa B.

  48. Max
    7 de novembro de 2013 em 17:14 — Responder

    Teve um post que a menina falou que tomara que role no Brasil, mas aqui as coisas são convencionais demais pra isso. Vivemos numa sociedade conservadora na teoria e depravada na prática, onde ter direitos e oportunidades é pecado ou crime, só nos restando obrigações.

  49. MIchaela Mira
    7 de novembro de 2013 em 17:23 — Responder

    Tudo faz mais sentido agora pra mim. Já trabalhei e ainda estudo em todos os turnos do dia E da noite (sim, porque cada um desses períodos comporta mais de um turno) e, de fato, SEMPRE fui mais produtiva e bem disposta nos turnos da noite, independente de estar com o sono em dia ou não. Se pudesse já estaria de malas prontas pra Suécia, porque aqui é mais fácil o STF revogar condenações irrevogáveis do que transformar a cultura do país inteiro pra tornar essa ideia possível e SEGURA.

  50. 7 de novembro de 2013 em 17:30 — Responder

    ja sabia disso faz tempo, observando meu organismo, trabalho das 16 a 0h, só vou ter sono lá pelas 4h e acordo as 10 ou 11 da manha, mas só vou despertar mesmo depois do 12:00, ou seja, completamente oposto ao horario comercial que a sociedade injusta nos obriga a acreditar que é o certo! Quem acha que não da pra se divertir, é depois da meia-noite é que o bixo pega 😉

  51. 7 de novembro de 2013 em 17:31 — Responder

    esqueci de comentar, a Dinamarca está anos luz a frente do Brasil, em tudo!

  52. Pedro
    7 de novembro de 2013 em 17:51 — Responder

    Não acho que isso seja pura verdade, pois vc comanda seu próprio cérebro não é comandado por ele. Relógio biológico? Pura falta de força de vontade…aposto q se surgisse oportunidade de emprego ganhando o dobro acordaria tranquilamente. Eu quero, eu vou…Não é a toa que é chamada de pessoa B, pra mim ta mais pra Z. Basta condicionar seu corpo e ter vontade e se dedicar, é trabalho árduo mas possui recompensas. Enfim, é o que eu acho…

  53. Jhair Ferreira
    7 de novembro de 2013 em 17:54 — Responder

    Tenho sangue dinamarquês e não sabia..rs
    Por mais que eu consiga acordar cedo, ainda não to no clima ou ciente que já tenho de produzir algo as 8hs…
    Parece clichê, mas sou designer gráfico, isso acontece com a grande maioria de outros que conheço… E observando bem, todo aquele que trabalha na área de criação, publicidade, artes, parece sofrer disso…

  54. nivaldo santos
    7 de novembro de 2013 em 17:56 — Responder

    comigo tambem sempre foi assimnão consigo começar bem o dia acordando cedo fico o resto do dia pessimo improdutivo pensando nisto um amigo meu que tabem é meu chefe fez um acordo comigo começo a trabalhar depois das 10 da manha e fico ate mais tarde.passei a render mais, acho q ele ja conhecia o que é ser uma pessoa b rsrs abraços

  55. 7 de novembro de 2013 em 18:25 — Responder

    eu amo mais a noite e nao aguento acordar cedo..embora eu acho lindo o sol nascer e a traquilidade do horario cedo… :(

  56. 7 de novembro de 2013 em 19:29 — Responder

    o Brasil como um país sub-desenvolvido ainda nao implantou essa técnica que para muitos é mudar para uma vida melhor,como eu,que odeio acordar cedo,no serviço de manha nao rende nada para mim…só acho que deveriam ver esse novo estilo,que,tambem pode fazer com que o país cresça…

  57. Peterson Ruiz
    7 de novembro de 2013 em 19:33 — Responder

    Isso é o que eu chamo de “tapar o SOL com a peneira”… Melhor “criar” um mundo paralelo aos vagabundos que não curtem acordar cedo do que “mudar o HÁBITO”!!! PELAMADRUGADA!!!… Adequar-se a padrões TAMBÉM é uma competência!!! (E para os “revoltadinhos de plantão” não estou falando de conformismo, e sim de FLEXIBILIDADE e ADEQUABILIDADE!!!)

  58. 7 de novembro de 2013 em 20:17 — Responder

    sejam auditores noturnos em Hotéis! o serviço começa a partir das 23h e vai até as 6h 😉 kkkk

  59. gwolf
    7 de novembro de 2013 em 20:48 — Responder

    E sobre a Sociedade C?
    Eu não produzo bem as 7h, as 9h ou as 11h. Meu horário de trabalho deveria ser 14h. Já trabalhei na aviação e quando entrava a partir das 14h eu já chegava no gás e ia até de madrugada, sem parar.

    Viva a sociedade C tb.

  60. SOL
    7 de novembro de 2013 em 21:19 — Responder

    AGORAEU ENCONTREI A MINHA TURMA…. SOU DO LADO “B” DA VIDA… E QUE ME DEEM LICENÇAS OS “AS”…

  61. Vanessa Pestana
    7 de novembro de 2013 em 22:04 — Responder

    Gente pelo amor de Deus!! Por que os RH das empresas não começam a fazer este horário diferenciado hein?!!! Eu sempre estudei a tarde, pq tinha muuuita dificuldade em acordar cedo e agora sofro pra trabalhar é quase um parto todos os dis pra levantar!!

  62. aline
    7 de novembro de 2013 em 22:27 — Responder

    SOU O LADO B DA VIDA *-*

  63. Kurosaki
    7 de novembro de 2013 em 23:20 — Responder

    desculpa besta que algumas pessoas compram e se limitam a isso.

  64. Gidalte Jr
    7 de novembro de 2013 em 23:33 — Responder

    ham! o Brasil? adotar esse sistema? é mais fácil cavalo latir…. ¬¬’

  65. 7 de novembro de 2013 em 23:43 — Responder

    Então, os bancários são da “Sociedade B”???

  66. 8 de novembro de 2013 em 00:05 — Responder

    Republicou isso em dois mundos e meio.

  67. 8 de novembro de 2013 em 00:48 — Responder

    eu também sou da sociedade B, isso é genetico, meu filho herdou de mim o outro é A puxou ao pai,já mim chamaram de preguiçosa por que não acordava cedo.eu fiquei chateada até descobrir que isso era um fator genetico do organismo de cada um. agora tô de boa. não sou preguiçosa.é o meu relógio biológico, e viva a sociedade B.

  68. Leticia Vicente
    8 de novembro de 2013 em 02:04 — Responder

    é verdade sim… meu rendimento é muito maior após certo horário. De madrugada sou mais rápida e consigo reter melhor as informações. Sempre fui assim, pessoas assim são notívagas. Para os que acham que isso é frescura, vagabundagem ou preguiça, só posso lamentar por vocês serem tão pouco informados sobre a complexidade que é um ser humano. As pessoas são diferentes e cada organismo é único e complexo o bastante para que você não duvide de nada que possa lhe parecer absurdo. Agora são 03:03 da madrugada e estou aqui trabalhando e estudando com muita disposição, pois amanhã não precisarei acordar cedo. Quando sou obrigada a levantar cedo, por não dormir bem a noite, simplesmente não consigo dormir bem neste horário, passo o dia todo me arrastando. E não é questão de gostar da noite para estar na farra, não se trata disso. É questão de rendimento mesmo.

  69. Gabriel Borges
    8 de novembro de 2013 em 02:24 — Responder

    existe só um pequeno probleminha que não tão lembrando: + sociedado = + energia = não temos energia pra sustentar isso.

  70. Gabriel Borges
    8 de novembro de 2013 em 02:25 — Responder

    + sociedade B*

  71. JORGE ALBANO
    8 de novembro de 2013 em 02:52 — Responder

    DURO VAI SER MUDAR AS LEIS TRABALHISTAS FEITAS EM MIL E ANTIGAMENTE ONDE TODO MUNDO TEM QUE SER ROBÔ.

  72. 8 de novembro de 2013 em 03:08 — Responder

    Dormi na rua por livre e espontanea vontade durante dez(10 ) dias p me livrar do regime de acordar cedo , hj tenho minha empresa , meus imoveis , amo o q faço faço o q amo , na vdd p mim não é trabalho é um modo de vida feliz , não pq acordo as 11:00 mas pq executo meu trabalho mto feliz , e a pegada do trampo vai ate as 23 hrs(12 hrs de trampo fazendo cabelo da mulherada) com mto humor e dom na profissão, mta gente me repudia mas nem ligo se não pulo da ponte (hahahaha nem penso em suicidio por isso) mas vejo os que cumprem horário cair em desespero enquanto to numa pegada de trampo mto loca e com mta responsa , amor no q faço e resultado p meu cliente ,não tem grana q pague isso, não sou captador de recursos , mas a grana vem a mim sem eu pensar em correr atras dela !!!! Sou FELIZ !!!!Sociedade B com orgulho …..Tenho tempo p minha esposa e filha , a filha entende , é sociedade B a esposa me condena , mas to nem aiiiiiiiiiii ……. Viva nósssss kkkkk

  73. Marcio
    8 de novembro de 2013 em 04:12 — Responder

    Achava que eu era o unico no mundo a ser assim . Detesto levantar cedo , mas adoro virar a noite trabalhando . Trabalhar das oito da noite as quatro da manhã é perfeito . Só na aviação é que consegui me ajustar , pois funciona 24 horas .

  74. 8 de novembro de 2013 em 04:21 — Responder

    Muita gente retrógrada e preconceituosa nos comentários… “Coisa de vagabundo, é só se acostumar, etc” bem típico de gente que tem opinião formada, que não consegue abrir a cabeça, nem se colocar na posição de outra pessoa, muito menos imaginar que nem tudo é branco e preto…
    Existem sim, pessoas que são noturnas e que mesmo sendo obrigados a acordar cedo e “funcionar” as essas horas nunca vão conseguir dar 100%. Se você não consegue entender isso, não julgue!

  75. Sara Bomba
    8 de novembro de 2013 em 06:01 — Responder

    Eu devo ser a única pessoa que, apesar de achar esta ideia muito boa, não adotaria este sistema. Prefiro a madrugada depois de já ter dormido. Prefiro acordar bem cedo para trabalhar, não apanhar trânsito porque a maioria ainda está a dormir e trabalhar apenas até pouco depois da 16h e ter o resto do dia livre para fazer o que me apetece, também sem trânsito porque a maioria ainda está presa no trabalho. Assim aproveito a tarde e sabe bem deitar-me cedo. Não me entendam mal, também adoro dormir até mais tarde e em dia que não trabalho consigo dormir ate às 12h, mas passo o dia com sono, arrastando-me do sofá para a cozinha e para o WC, sem vontade nem paciência para fazer mais nada…
    Eu sou lado A, mas estou convosco lado B, cada um devia ter a liberdade de trabalhar quando se sente mais produtivo.

  76. Camila
    8 de novembro de 2013 em 07:33 — Responder

    Ah, com certeza sou membro da sociedade B, não rendo absolutamente nada no meu trabalho que começa as 8h, meus colegas já desistiram de falar comigo antes das 10h30, mas acho quase impossível Brasil adotar isso.

  77. RENAN LOUSADA
    8 de novembro de 2013 em 09:01 — Responder

    COISA DE VAGABUNDO!

  78. Junior Souto
    8 de novembro de 2013 em 09:23 — Responder

    é pura ilusão esse papo de pessoa B, quando solteiro até poderia achar que fosse uma pessoa B mas agora casado e com dois filhos a rotina e responsabilidade é outra, prefiro mil vezes acordar cedo, e ainda durmo tarde algumas vezes.

  79. 8 de novembro de 2013 em 09:54 — Responder

    O único problema no Brasil é que para a turma “B” trabalhar após as 22h teríamos que mudar a legislação trabalhista dado que há uma coisa chamada adicional noturno aos que trabalham após as 20h.
    Como convencer um empresário a contratar alguém que entrará mais tarde e ficará após as 22h ganhando um adicional pelo horário se ele pode contratar alguém “normal” cujo adicional não é necessário???

  80. Bruna
    8 de novembro de 2013 em 10:23 — Responder

    Ahh, também achava que era muita preguiça! Sou dessas do lado B!
    Porém, os compromissos e a insegurança acabam nos obrigando a ser A, como, a maioria das pessoas. Sorte de quem consegue ajustar o emprego e tudo mais com o seu relógio biológico. Não é vagabundagem, pois não se fala em NÃO fazer algo, mas em fazer no horário em que rendemos mais. 😉

  81. 8 de novembro de 2013 em 10:38 — Responder

    após as 22h…escrevi errado rs

  82. livia
    8 de novembro de 2013 em 10:38 — Responder

    Que caô. Ja morei lá e nao tem nada disso…

  83. julio
    8 de novembro de 2013 em 10:46 — Responder

    nao gostar de acordar cedo eh uma coisa, agora quando se tem realmente uma dificuldade muito grande, se nota, quem nao tem essa dificuldade extrema acho que nao vai entender mesmo

  84. 8 de novembro de 2013 em 11:22 — Responder

    O pior é que as pessoas da “sociedade B” estudam e trabalham como os demais, porém são taxadas de preguiçosas por não gostarem de acordar cedo…..

  85. Ana Maria
    8 de novembro de 2013 em 11:33 — Responder

    Estou nesta!!!!!

  86. 8 de novembro de 2013 em 11:45 — Responder

    Eu, como sempre, do avesso de tudo… sou do tipo que dorme a tarde! Hahaha…
    Quem me dera, trabalhar a noite, estudar de manhã, e dormir no auge do sol!!!

  87. 8 de novembro de 2013 em 12:09 — Responder

    #SuperApoio a sociedade B …Realmente sou dessas pessoas q odeiam acordar cedo e rendem mais à partir das 10:00 até de madruga (y)

  88. 8 de novembro de 2013 em 13:47 — Responder

    Já tinha lido há alguns anos algo sobre o assunto, que é sério e não tem nada de brincadeira como alguns citam nos comentários. Tenho dificuldade imensa para acordar cedo e disposição de sobra até muito tarde da noite. Gostaria demais de acordar no horário dito normal, mas meu corpo e minha mente simplesmente não respondem. Sempre chego atrasada ao trabalho e logicamente pensam que sou irresponsável, mas não deixo nada atrasado, tampouco mal feito. Um dia, quem sabe, encontrarão o motivo para isso.

  89. 8 de novembro de 2013 em 13:50 — Responder

    Eu estudo nos dois turnos, manhã e noite, a diferença de humor e produtividade é notória. De manhã é um sacrificio, de noite sou mais agitada.

  90. T Nardini
    8 de novembro de 2013 em 13:57 — Responder

    Nem todos são vacas de presépio, assim como nem todos tem o mesmo relógio biológico. Horário é criado pela sociedade, para todos terem e viverem numa mesma levada, assim como gado. Quem gosta de horário tradicional que use e abuse, quem se da bem em outro horário tb. Já os que julgam pessoas diferentes (para os seu parâmetros) como vagabundos, esses precisam urgente de tratamento ou internação.

  91. Paulo
    8 de novembro de 2013 em 14:48 — Responder

    preguiça define a maioria

  92. 8 de novembro de 2013 em 15:06 — Responder

    Pessoal, tenho tido problemas nos últimos dois anos com relação a este tal relógio biológico, estou no fuso horário do Japão, e não tenho obtido sucesso para mudar, difícil encontrar vagas com horário flexível, seria muito mais fácil não precisar ter de mudar/se ajustar, se fosse fácil mudar de país… apesar de tudo gostaria de voltar, deve existir algum alimento que ajude/auxilie nisto, nesta questão que pelo que já andei lendo seja hormonal.

  93. Olinda M. Saldanha
    8 de novembro de 2013 em 15:14 — Responder

    Sociedade B. Gosto de levantar cedo, mas para curtir a natureza, sem obrigatoriedade de horários.

  94. Roger
    8 de novembro de 2013 em 17:22 — Responder

    Trabalho as 8h e sempre fui um ‘B’, porém, comecei a acordar 6:00h para correr, 6x por semana. Disposição no resto do dia = TOTAL.

  95. Vinicius Barros
    8 de novembro de 2013 em 17:30 — Responder

    Isso é papo furado.
    O mundo de hoje , com suas tecnologias que ”permitem” um conforto exacerbado.. comidas ”rápidas” e industrializadas, com muito sal e muitos condimentos… uma vida acostumada ao sedentarismo REALMENTE forma adultos com distúrbios do sono e REALMENTE ”desconfigura” nosso relógio biológico.

    Experimente trocar a internet e a tv por exercícios físicos e uma alimentação saudável que você vai ver como irá render pela manhã….

    Os ”poderosos” estão controlando a população e quer nos moldar a seu bel prazer… e chegam ao ponto de até mesmo mexer com nossa biologia.. com nosso relógio biológico…pois está mais do que claro que humanos são seres diurnos…

  96. 8 de novembro de 2013 em 18:02 — Responder

    Republicou isso em Ressurgir..

  97. 8 de novembro de 2013 em 21:10 — Responder

    Esqueceram o grupo “C”, que tem sono cedo e só consegue acordar tarde…

  98. 8 de novembro de 2013 em 23:19 — Responder

    Acho isso idiotice, quer acordar cedo? dorme cedo!
    não existe isso, quem escreveu certamente acordou 10h da manhã e foi fazer isso.
    Provavelmente quem fala que não consegue produzir nada assim que acordou é porque não foi dormir na hora que devia, VÃO DURMIR CEDO BANDO DE VAGABUNDO!

  99. Aluana
    9 de novembro de 2013 em 02:14 — Responder

    Adorei essa ideia com certeza faço parte dessa sociedade B.

  100. 9 de novembro de 2013 em 02:28 — Responder

    vou mais além… tenho a teoria que a sociedade deveria adotar o sistema de 24 horas!!!! escolas, bares, restaurantes, pizzarias, bancos, escritórios, etc.. assim além de adaptarmos nossos horários para nosso melhor estar, também acabaríamos com o problema de congestionamento, diminuiria o numero de roubos, assaltos e outros delitos nas madrugadas pois haveriam mais pessoas nas ruas, inibindo a ação dos assaltantes! Diminuiríamos drasticamente o numero de desempregados, pois criariam-se mais empregos pois o tempo útil de trabalho da empresa dobraria, podendo assim acelerar a economia brasileira!!!

  101. Daniel Martins
    9 de novembro de 2013 em 08:18 — Responder

    Sociedade B só se for de BURROS meus amigos o que os grandes grupos económicos querem é mais dinheiro e assim as economias não” dormem” ficam ativas continuamente.
    Abrir a “pestana”

  102. Silvana
    9 de novembro de 2013 em 09:15 — Responder

    Sou uma pessoa super A, começo a trabalhar às 7h da manhã e por isso sempre durmo cedo. Só que meu marido é super B e isso me traz sofrimento porque além de eu ter que ficar insistindo um tempão até ele conseguir levantar e não perder seus compromissos, sinto que ficamos menos tempo juntos. E nos finais de semana então… ele acorda depois do meio dia, e sinto que já perdemos metade do nosso dia livre….

  103. jefferson souza
    9 de novembro de 2013 em 12:42 — Responder

    Não deixem que essa materia caia na frente de um Cronobiologo, senão vão soltar os cachorros em cima!! Sociedade A ou B, Pessoas A ou B nunca existiram!
    Na verdade existem cronotipos determinados geneticamente que fazem da pessoa mais matutina ou vespertina. Isso e A e B nunca existiu.

  104. 9 de novembro de 2013 em 13:06 — Responder

    Somos os vespertinos.
    Como vespertina, me sinto como os canhotos do passado que eram obrigados a mudar sua natureza para não contrariarem as “regras sociais”.

  105. jefferson souza
    9 de novembro de 2013 em 13:16 — Responder

    Sim Viviane, numa sociedade que impõe um ritmo de 24h nem matutinos nem vespertinos estão aptos a se adaptarem. Há um outro cronotipo chamado de intermediário que está presente em mais de 60% da população mundial, mas que tb sofre muito com a demanda de horarios sociais atual. Como o ser humano é uma especie diurna, de qualquer jeito a nenhum cronotipo deve ser imposto um horario social de 24h

  106. Natália
    9 de novembro de 2013 em 13:58 — Responder

    Eu acordei as 05:30h muitos anos da minha vida e eu não rendia nada até as 10h, eu não era ninguém até este horário, hj em dia eu trabalho de 19h as 07h e gosto muito!

  107. Mazinha
    9 de novembro de 2013 em 16:10 — Responder

    Meu pai sempre trabalhou em eventos e eu o acompanhava nas madrugadas. Há quinze anos ele parou, sempre acordou cedíssimo e eu acordei cedo apenas pra ir pra escola de manhã e depois quando comecei a trabalhar. Atualmente tenho um bar e começo a trabalhar à tarde, durmo sempre depois das 4:00 da manhã mesmo que não tenha nada pra fazer e acordo às 11:00. É evidente que lá pelas tantas da noite é que eu estou super ligada, mas por incrível que pareça acho isso muito ruim, meu dia parece não render e estou sempre na correria, pois nada funciona quando preciso e há poucas pessoas disponíveis para conviver às altas da madruga. Se eu pudesse dar um reboot no meu organismo e começar a dormir como os normais, penso que seria mais feliz!

  108. Júnia
    9 de novembro de 2013 em 16:27 — Responder

    Muitos falam que é uma questão de costume, sempre cheguei atrasada na escola, pois não conseguia fazer nada cedo, mas era boa aluna. Quando entrei na faculdade e esforçava muito, mas não conseguia lembra de nada, depois que troquei de horário ( e fui estudar a noite), foi uma maravilhava. Isto não é preguiça de forma alguma, mas sim está relacionado o organismo de cada um.

  109. Malu
    9 de novembro de 2013 em 23:50 — Responder

    Lendo os comentários, vejo que várias pessoas são “atoladas” pelo preconceito,
    Sempre cumpri o horário dos “trabalhadores”, e nem por isso deixei de ser vespertina ou “lado B”.
    Como diz Viviane, no PASSADO os canhotos eram obrigados a ser destros. Felizmente, o mundo evoluiu, e hoje as pessoas escrevem até com os pés, se quiserem. Tenho certeza, que mais um pouquinho de evolução, e teremos horários diferenciados de trabalho, sem nenhum preconceito(achar que é vagabundo) quem se sente melhor após 10 h.

  110. 10 de novembro de 2013 em 04:33 — Responder

    É claro que sou da Sociedade B. Um viva pra nós.. ‘Me sentindo encaixado na minha própria sociedade agora.”

  111. Andrézão
    10 de novembro de 2013 em 05:06 — Responder

    Eu sou assim também! E aqueles que me julgavam não ganham metade do que ganho hoje! Perderam pro “vagabundo”! Viva a sociedade B!

  112. Elton Pinheiro
    10 de novembro de 2013 em 15:30 — Responder

    Também sou da sociedade B, encontrei meu grupo social estamos juntos.

  113. 10 de novembro de 2013 em 18:49 — Responder

    Viva a sociedade alternativa! Será que é mera coincidência que essa Sociedade B só exista nos países de elevando Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)?! Não né!
    Lá sim, existe cidadania! Lá sim, existe QUALIDADE DE VIDA! E acima de tudo humanismo e respeito ao ser humano. Eu acho que o homem chegou ao estágio de vida (principalmente no Brasil, em especial nos grandes municípios) para qual não foi feito. Má alimentação, muito estresse, alta competitividade, engarrafamentos, falta de exercícios físicos e etc. A Sobrevivência ao extremo.
    Mas quem sabe um dia essa sociedade B chegue ao Brasil!

    “O que mais te surpreende na humanidade?”

    “Os seres humanos… Porque perdem a saúde pra juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde. E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro. E vivem como se nunca fossem morrer… e morrem como se nunca tivessem vivido!.

    (Uns dizem que essa frase é de Bob Marley, outros dizem que é de Dalai Lama. Enfim, independente de quem disse, ela é super verdadeira.)

  114. Silva
    11 de novembro de 2013 em 06:37 — Responder

    Felizmente não sou assim. E digo felizmente porque sei como sofrem as pessoas B, o meu namorado é um deles. Quando ele acorda eu já fiz mil e uma coisas, mas as 22h já não rendo nada, e aí ele parece que acorda e é ele quem faz mil e uma coisas. Não sou assim mas não condeno nada porque as PESSOAS B não são preguiçosas, PRODUZEM O MESMO MAS EM HORAS DIFERENTES :)

  115. Cesar Azevedo
    11 de novembro de 2013 em 09:59 — Responder

    Difícil é você explicar para seu chefe que você só renderá o dobro depois das 11h.
    Ainda mais no Brasil? Não cola.
    Mercado aqui é bem arrogante.

  116. Ioseph
    11 de novembro de 2013 em 22:25 — Responder

    É fácil é colocar a desculpa dos seus constantes atrasos matinais (irresponsabilidade?) no seu “relógio biológico diferente”, difícil é acordar cedo, lavar o rosto e partir pro trabalho. Nada contra quem se encaixa neste grupo, mas é engraçado que não existia nada disso na época dos nossos avós.

  117. Carlito mendez
    25 de dezembro de 2013 em 00:56 — Responder

    As pessoas ainda insistem em dizer que é questão de costume, trabalhei 5 anos acordado 5 da manhã junto com meu pai, hj ele é aposentado e continua acordando 5 da manhã pra nada, é o relógio dele, se fosse assim eu continuaria acordado 5 da manhã pra fazer nada, hj trabalho numa empresa de 9 as 13 e na outra das 15 as 23 horas, odeio acordar cedo, sempre acordo nunca antes das 8 e essa questão de ser preguiçoso n cola, fosse assim so trabalhava em um emprego e acordava 1 da tarde todo dia, tenho um colega q trabalha das 7 as 17, mora no outro lado da cidade, acorda 5 da manhã e é um preguiçoso nato, chega no trabalho pra se encostar, preguiça é personalidade n é horário q dorme e acorda q define isso!

Deixe uma resposta