ConsumoSociedade

Vai, Verão..



Uma Reflexão sobre a Propaganda de TV que não acaba mais..

“Vai, Verão.”
Quatro adolescentes com idades entre 15 e 17 anos foram brutalmente agredidas e estupradas na cidade de Castelo do Piauí, a 190 km da capital piauiense, no final da tarde desta quarta-feira (27). Elas foram encontradas nuas, amarradas e desacordadas por um policial.
“Vem, Verão.”
A estudante Jyoti Singh Pandey, de 23 anos, foi estuprada e espancada com uma barra de ferro em um ônibus que circulava pela capital indiana, em dezembro de 2012. Ela voltava de um cinema com um amigo quando foi surpreendida pelos criminosos. Após o crime, os bandidos lançaram os dois para fora do veículo em movimento. Jyoti não resistiu aos ferimentos e morreu dias depois.
“Vai, Verão.”
Liana e Felipe eram namorados e decidiram passar um final de semana acampando na floresta numa área isolada de Embu-Guaçu. “Champinha” e “Pernambuco” seguiam para pescar na região quando viram o casal e tiveram então a ideia de roubar os estudantes. Foi tarefa fácil localizá-los e como não conseguiram dinheiro, decidiram então sequestrar as vítimas. Com a ajuda de comparsas, mantiveram o casal em cárcere privado em casebres da região. Neste período todos os criminosos abusaram sexualmente da moça em forma de rodízio e de maneira quase ininterrupta.
“Vem, Verão.”
A cada dez minutos uma pessoa foi vítima de estupro no Brasil em 2013. Os dados fazem parte de um documento divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública nessa terça-feira, em São Paulo, e vão servir para orientar as políticas públicas no combate a violência. O estudo mostra que a maioria das vítimas não denuncia e esse número pode ser muito maior.
“Vai, Verão”. Vai pra sempre. Você e toda essa violência subjetiva disfarçada de marketing. Um “marketing” que passa em TV aberta, a qualquer hora do dia, após os desenhos, antes dos programas classificados como livres, sem a mínima censura.
E não. “Verão” não se trata da mulher exposta feito objeto na vitrine de mais uma propaganda ridícula de cerveja. “Verão” é um violento e perverso conceito que implantam, gradativamente, na cabeça de nossos meninos. De churrasco em churrasco, de piada em piada, de propaganda em propaganda, por nossos tios, nossos pais, nossos amigos. Nas escolas, nos bares, nas reuniões familiares, nas “brincadeiras inocentes”, nos meninos forçados a entender desde muito cedo que seu destino é se tornar um “pegador de mulheres”.
“Vai, Verão”. Porque todas as mulheres do mundo merecem a delicadeza e a esperança da Primavera.

Publicação Original


Comentários Sociais

Respostas

Posts anteriores

Todos têm as mesmas oportunidades? Dá uma lida nessa história em quadrinhos e mude de visão

Próximo post

E se fóssemos tratados como tratamos os animais?

Sir. Aulus

Sir. Aulus

Vegano, estudante de Ciência e Tecnologia da Universidades Federal da Bahia. Apaixonado por tecnologia, filosofia, música, teatro, defensor dos direitos animais, humanos e não-humanos. Aprendiz de Jiu-jitsu e amante de bons filmes e livros.

Comentários

Sem comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *