Animais

Papa Francisco afirma que causar sofrimento aos animais é contrário à dignidade humana



Por meio de uma Carta Encíclica, documento dirigido aos bispos e fiéis de todo mundo, o Papa Francisco condenou o sofrimento aos animais (veja aqui). “O poder humano tem limites e é contrário à dignidade humana fazer sofrer inutilmente os animais e dispor indiscriminadamente das suas vidas.” – diz o texto.

A carta traz uma menção clara à vivissecção. “Embora o ser humano possa intervir no mundo vegetal e animal e fazer uso dele quando é necessário para a sua vida, o Catecismo ensina que as experimentações sobre os animais só são legítimas desde que não ultrapassem os limites do razoável e contribuam para curar ou poupar vidas humanas.” – diz.

O pontífice refere-se diretamente aos testes em animais em suas palavras e nota-se claramente que ainda não condena totalmente a prática da vivissecção. Mas o que seria o“limite do razoável” dito pelo Papa? Quanto um animal pode sofrer para supostamente salvar uma vida humana? Supostamente, porque há uma corrente cada vez maior de cientistas afirmando que os testes em animais não só são ineficientes como também atrasam o progresso da ciência.

Francisco afirma também que o ser humano pode intervir no mundo animal quando é necessário para a sua vida. É sabido e comprovado pelas principais instituições médicas e nutricionais do mundo que uma alimentação totalmente baseada em vegetais é possível e provavelmente mais saudável do que a convencional. Portanto, consumir carne, laticínios, ovos e outros produtos de origem animal é desnecessário.

Assim, é possível interpretar que as palavras de Francisco indicam um estilo de vida vegano, livre de sofrimento aos animais. No entanto, não há notícias de que o pontífice tenha mudado seus hábitos pessoais quanto ao consumo de animais e suas secreções.

Pelo Twitter, Francisco disse para 6,5 milhões de seguidores: “É contrário à dignidade humana causar sofrimento e morte aos animais desnecessariamente.” (veja aqui). Ainda considerando o fato de que o consumo de produtos de origem animal é desnecessário e obviamente causa os males citados aos animais, seria um chamado para o veganismo? Cabe a cada um interpretar, mas o fato é que o Papa é uma das figuras mais influentes do mundo e deve ter colocado muita gente para repensar seus hábitos com suas frases ambíguas.

Via Vista-se


Comentários Sociais

Respostas

Posts anteriores

Eduardo Cunha fará pronunciamento na rede nacional de rádio e de TV (E vai ter panelaço)

Próximo post

Como atualizar do Windows 7, 8 e 8.1 para o Windows 10 sem perder nada – Windows 10

Sir. Aulus

Sir. Aulus

Vegano, estudante de Ciência e Tecnologia da Universidades Federal da Bahia. Apaixonado por tecnologia, filosofia, música, teatro, defensor dos direitos animais, humanos e não-humanos. Aprendiz de Jiu-jitsu e amante de bons filmes e livros.

Comentários

Sem comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *